Semana vinte e quatro

Os lançamentos desta semana foram:

Notas sobre Gaza, de Joe Sacco (Tradução de Alexandre Boide)
No trabalho mais ambicioso de sua carreira, o quadrinista Joe Sacco funde passado e presente para contar a história da escalada de violência no conflito entre israelenses e palestinos a partir de dois episódios esquecidos, relegados às notas de rodapé dos livros de história.

Método prático da guerrilha, de Marcelo Ferroni
Uma combinação de história e ficção, que narra a malfadada aventura de Che na Bolívia. Valendo-se de paráfrases da história, através de diários e relatórios, Ferroni apresenta desde os bastidores da ação, na formação das redes urbanas do movimento da esquerda internacional, até as frentes de batalha em Ñancahuazú, recriando em detalhes os acontecimentos daquela trágica (e por vezes cômica) guerrilha.

Uma certa paz, de Amós Oz (Tradução de Paulo Geiger)
Este romance acompanha as difíceis relações familiares de Ionatan Lifschitz, um jovem frustrado com a vida regrada e monótona em um kibutz. Em uma de suas obras mais aclamadas, Amós Oz dá voz aos pensamentos das suas personagens, por mais rígidos e chocantes que sejam.

O bom Jesus e o infame Cristo, de Philip Pullman (Tradução de Christian Schwartz)
Philip Pullman imagina uma versão para a história de Jesus Cristo, transformando esse notório personagem em dois: os gêmeos Jesus e Cristo, de personalidades opostas. Na encruzilhada em que invenção e realidade se tocam, aflora a curiosidade irresistível pelo que separa a História de uma história.

Scott Pilgrim contra o mundo – volume 2, de Bryan Lee O’Malley (Tradução de Érico Assis)
A vida de Scott Pilgrim parece estar se acertando. De saída, ele já mandou para a lona dois ex-namorados do mal de Ramona Flowers (faltam cinco). Além disso, o namoro com a misteriosa americana parece estar engrenando, e até mesmo sua banda, a Sex Bob-Omb, tem conseguido acertar um ou dois acordes. Nosso herói, quem diria, está entrando na linha. Ou pelo menos é o que se imagina. Neste segundo capítulo da série, Scott descobrirá outra faceta de sua enigmática namorada, será perseguido por um vegan místico e terá de lidar com os grandes dilemas da vida adulta: dividir ou não um apartamento com seu melhor amigo gay e, principalmente, arrumar um emprego ou continuar jogando Final Fantasy II.

Obras completas, vol 18: O mal-estar na civilização e outros textos, de Sigmund Freud (Tradução de Paulo César de Souza)
O mal-estar na civilização é considerado o mais importante trabalho de Freud no âmbito da sociologia e antropologia. Escrito às vésperas do colapso da Bolsa de Valores de Nova York (1929), é uma investigação sobre as raízes da infelicidade humana, sobre o conflito entre instintos e cultura e a forma que ele assume na civilização moderna. O volume também inclui Novas conferências introdutórias, Por que a guerra? e outros.

6 Comentários

  1. Adriana de Godoy disse:

    Notas sobre Gaza é fantástico mesmo, tudo que Sacco faz é divino.
    Só o Amós Oz já garantiria uma semana gloriosa, mas Sacco e ainda Pullman…semana cheia de gostosíssimas promessas.
    Ainda li que esse é um dos melhores de Oz…não vejo a hora.

  2. […] This post was mentioned on Twitter by Selma Bellini and Camilla, Companhia das Letras. Companhia das Letras said: Entre os lançamentos da semana: o novo volume de Scott Pilgrim e uma versão alternativa para a história de Jesus Cristo http://bit.ly/arZWkW […]

  3. Arthur disse:

    Não vejo a hora do meu Scott Pilgrim 2 chegar aqui em casa!

  4. WeslleyReys disse:

    Philip Pullman em a LUNETA AMBAR crítica duramente os Cristãos……Fiquei curioso para saber mais sobre esse livro…….Assim que tiver oportunidade vou conferir…

  5. Arthur Higasi disse:

    Notas sobre Gaza, baita livraço.

Deixe seu comentário...





*