Semana trinta

Os lançamentos desta semana foram:

Telefone sem fio, de Ilan Brenman e Renato Moriconi
Uma borboleta que é um planeta? Acho que ouvi maçaneta… É uma caminhoneta. O quê, uma costeleta? Entendi, você quis dizer muleta. Quem é que estava na gaveta? Ah, uma luneta! Ela é violeta? Você ganhou uma gorjeta? Estão me deixando zureta!!
Quem já brincou de telefone sem fio, entendeu essa conversa de maluco. É disso que brincam também os personagens desse livro sem palavras. O que será que eles estão cochichando?

Dez dias que abalaram o mundo, de John Reed (Tradução de Bernardo Ajzenberg)
Dez dias que abalaram o mundo é não só um testemunho vivo, narrado no calor dos acontecimentos, da Petrogrado nos dias da Revolução Russa de 1917, como também a obra que inaugura a grande reportagem no jornalismo moderno. A Universidade de Nova York elegeu este livro como um dos dez melhores trabalhos jornalísticos do século XX. Reed conviveu e conversou com os grandes líderes Lênin e Trotski, e acompanhou assembleias e manifestações de rua que marcariam a história da humanidade. Leia o post do editor Matinas Suzuki Jr. sobre este livro.

28 contos de John Cheever (Tradução de Jorio Dauster e Daniel Galera)
Reunião de contos de John Cheever — considerado um dos maiores contistas americanos do século XX e aquele que obteve o maior sucesso comercial com o gênero em todos os tempos — revela momentos de epifania e transcendênciano ambiente aparentemente anódino do subúrbio americano.

Ao coração da tempestade, de Will Eisner (Tradução de Augusto Pacheco Calil)
Nesta obra autobiográfica, um dos maiores gênios das histórias em quadrinhos apresenta um panorama do preconceito e da situação dos judeus na Europa e nos Estados Unidos, dos momentos que antecedem a Primeira Guerra Mundial ao início da Segunda, através da história de sua família.

Enquanto eles dormiam, de Donna Leon (Tradução de Carlos Alberto Bárbaro)
Em mais um volume da bem-sucedida série protagonizada por Guido Brunetti, o inspetor de polícia veneziano terá de enfrentar os interesses de uma obscura organização religiosa — protegida pelos poderosos da cidade —
para defender a frágil testemunha de uma possível rede de crimes.

Joana d’Arc e suas batalhas, de Phil Robins (Tradução de Marcelo Andreani; Ilustrações de Philip Reeve)
Joana d’Arc é praticamente sinônimo de fogueira, mas ela foi muito mais que isso. Liderou um exército, colocou um rei em seu trono e foi condenada à morte — tudo em apenas dezenove anos. Conheça mais sobre a aventura que foi a vida de Joana em mais uma biografia bem-humorada da coleção Mortos de Fama.

O ratinho se veste, de Jeff Smith (Tradução de Érico Assis)
O ratinho quer muito ir ao celeiro com a mãe e os irmãos. Mas, antes, precisa fazer um monte de coisas: colocar a cueca prestando atenção na etiqueta e no buraco para a cauda; vestir as calças, o que só dá para fazer sentado; acertar todos os botões da camisa… Será que ele vai conseguir ficar pronto a tempo?

3 Comentários

  1. […] da Companhia das Letras: Telefone sem fio, de Ilan Brenman e Renato Moriconi Dez dias que abalaram o mundo, de John Reed […]

  2. […] This post was mentioned on Twitter by Sebo Hocus Pocus, Companhia das Letras. Companhia das Letras said: "Dez dias que abalaram o mundo", Will Eisner e os contos de John Cheever estão entre os lançamentos da semana http://bit.ly/gSPQqB […]

Deixe seu comentário...





*