Links da semana

Joe Sacco confirmou que vem para a FLIP deste ano. Saiba mais sobre ele lendo o post que o Universo HQ fez sobre a palestra que ele deu no Festival Angoulême — onde Notas sobre Gaza ganhou o Prêmio um olhar sobre o mundo.

Natalia Viana entrevistou Julian Assange a partir de perguntas enviadas por seus leitores. A jornalista cuida de um blog que fala exclusivamente sobre o Wikileaks, hospedado pela Carta Capital.

O desenhista Allan Sieber resenhou Umbigo sem fundo, de Dash Shaw. Fabio Moon gostou tanto de Do fundo do poço se vê a lua que resolveu criar uma nova capa para o livro.

Rodolfo Viana, do blog Substantivo Masculino, organizou uma retrospectiva com tudo o que aconteceu no meio literário no primeiro mês do ano. Ele também entrevistou Lira Neto sobre a biografia de Getúlio Vargas que o jornalista está escrevendo.

No Meia Palavra, a Ingrid resenhou Viagens de Gulliver, de Jonathan Swift, a Anica recomendou 125 contos de Guy de Maupassant, a Kika comentou Albert Einstein e seu universo inflável, de Mike Goldsmith, o Felippe falou sobre O Terceiro Reich, de Roberto Bolaño, e o Palazo escreveu sobre Limpeza de sangue, de Arturo Pérez-Reverte.

Eliane Brum cedeu o espaço de sua coluna na Época para que Luiz Ruffato contasse como a literatura mudou sua vida.

A Martha, do Colherada Cultural, falou sobre Só garotos, de Patti Smith. O Alexandre, do Impulso HQ, resenhou Memória de elefante, de Caeto.

Boris Fausto escreveu para o Estadão sobre as coisas que ele queria saber aos 21 anos.

O desenhista André Dahmer, do blog dos Malvados, fez um perfil de Angeli, onde conta como conheceu seu trabalho.

A escritora Ivana Arruda Leite recomendou a leitura de Só garotos, de Patti Smith. Cassionei, do blog Porém, ah, porém, falou sobre 1984, de George Orwell.

O New York Times tem um artigo sobre o risco de julgar uma pessoa pelo que ela lê, e o diretor da Biblioteca de Alexandria informou que os jovens locais se organizaram para proteger o acervo de ladrões e vândalos.

Flávia Reis fez um post mostrando a técnica de colagem que Ionit Zilberman usou para criar as ilustrações de Zoo zureta.

O Rafael, do blog O Espanador, falou sobre Solar, de Ian McEwan. A Núbia, do blog Blablabla Aleatório, escreveu sobre Haroun e o Mar de Histórias e Luka e o Fogo da Vida, ambos de Salman Rushdie.

Livraria Cultura divulgou que chegará ao Rio de Janeiro ainda este ano, com duas lojas.

O site Flavorwire mostra rabiscos e desenhos feitos por autores como David Foster Wallace, Samuel Beckett e Allen Ginsberg.

2 Comentários

  1. […] clássico: quando algum outro blog te linka, igual aconteceu com dois posts da Núbia quando a Companhia das Letras linkou as resenhas que ela fez das histórias de Salman Rushdie: Luka e o Fogo da Vida e Haroun e o […]

  2. […] This post was mentioned on Twitter by cassioneipetry and Núbia Esther , Companhia das Letras. Companhia das Letras said: Entre os links da semana: rabiscos feitos por escritores célebres, e o risco de julgar uma pessoa pelo que ela lê http://bit.ly/gQNz3p […]

Deixe seu comentário...





*