Links da semana

A livraria Bertrand do bairro de Chiado, em Portugal, entrou para o Guiness como a livraria mais antiga do mundo em atividade. Ela está de portas abertas desde 1732.

A Revista Brasileiros entrevistou o neurocientista brasileiro Miguel Nicolelis. A Companhia das Letras lançará em junho Muito além do nosso eu, livro sobre sua revolucionária pesquisa que pretende fazer com que deficientes físicos possam andar novamente.

O The Guardian pede que todos enviem citações literárias que contenham indicações de horário. O objetivo do jornal é montar um relógio literário, com citações de diversos horários do dia.

A equipe do Meia Palavra resenhou os seguintes livros: Triste fim de Policarpo Quaresma (Lima Barreto), Estrela distante (Roberto Bolaño), Maus (Art Spiegelman), Honra teu pai (Gay Talese), Quando fui mortal (Javier Marías), O jornalista e o assassino (Janet Malcolm), Retrato de um viciado quando jovem (Bill Clegg) e Confissões de uma máscara (Yukio Mishima).

O Prêmio Pulitzer anunciou os vencedores da edição de 2011, e O imperador de todos os males, de Siddartha Mukherjee, ganhou na categoria Não-Ficção. O livro, sobre a história do câncer, será publicado pela Companhia no segundo semestre.

Um autor chinês pretende fazer 10 cirurgias plásticas para ficar parecido com William Shakespeare.

No blog O Espanador, a Juliana resenhou Diário da queda, de Michel Laub, o Rafael escreveu sobre Filme, de Lillian Ross, a Amanda comentou A vida imortal de Henrietta Lacks, de Rebecca Skloot, e a Luani falou sobre Duas cores, de Mirella Marino e Renata Bueno.

O site BiblioFilmes organizou um concurso para escolher o melhor booktrailer em língua portuguesa, e você já pode votar no seu favorito. O resultado será divulgado dia 30.

O site Educar para Crescer deu 10 dicas para incentivar seu filho a ler.

Tanto o Renato, do Impulso HQ, quanto o Marcel, do blog O Café, falaram sobre Três sombras, de Cyril Pedrosa. O Arthur, do blog O Leitor Comum, comentou As entrevistas da Paris Review.

O Rafael, do blog Casmurros, falou sobre os conselhos que autores conhecidos têm passado para escritores iniciantes em uma série do Guardian.

Sérgio Rodrigues, do Todoprosa, quer saber: na sua opinião, o melhor amigo do escritor é o cão ou o gato?

A Mellory, do blog Croissant parisiense, resenhou Capitães de areia, de Jorge Amado. Kovacs, do Mundo de K, falou sobre O povo brasileiro, de Darcy Ribeiro, e o Marco, do blog Beleléu, escreveu sobre Só garotos, de Patti Smith.

próximo projeto de Spacca é uma adaptação para os quadrinhos de As barbas do Imperador, de Lilia Moritz Schwarcz. Os dois já haviam trabalhado juntos em D. João Carioca.

Um artigo da New York Times mostra que, nas décadas de 60 e 70, não era incomum encontrar anúncios dentro de livros.

O blog Melhores do Mundo falou sobre O chinês americano, de Gene Luen Yang. O Márcio, do blog Grings Memorabilia, leu a biografia de Che Guevara escrita por Jorge G. Castañeda.

Robert Darnton escreveu sobre 5 mitos da “era da informação”.

Um artigo da NPR fala sobre a triste realização de que, por mais bem informado e esforçado que seja, você conseguirá desfrutar apenas de uma porcentagem muito pequena da produção cultural mundial.