Links da semana

Aí está o convite para o nosso encontro de aniversário, o que vocês acharam da ideia? O bate-papo será transmitido pela internet, então contamos com participação de todos vocês!

A PUC do Rio de Janeiro abriu inscrições para o curso Produção Gráfica e Fundamentos do Design Gráfico.

O site Meu Herói entrevistou Érico Assis sobre seu trabalho como tradutor de quadrinhos.

Télio Navega conversou com Cyril Pedrosa, autor de Três sombras. O Guilherme, do Digestivo Cultural, escreveu sobre Vida conjugal, de Sergio Pitol.

O Alessandro, do blog Livros a Afins, mostrou um restaurante em Tóquio que adotou Alice no País das Maravilhas como tema para sua decoração.

O Pádua, do Amálgama, resenhou Vesuvio, de Zulmira Ribeiro Tavares. O Fábio, do blog da Livraria Blooks, escreveu sobre a Trilogia Millennium, de Stieg Larsson.

Você já imaginou como seria o Foursquare de Leopoldo Bloom, personagem de Ulysses, caso ele tivesse acesso a essa ferramenta enquanto passeava por Dublin?

O caderno Link entrevistou Miguel Nicolelis, considerado o mais importante cientista brasileiro da atualidade. Ele lança Muito além do nosso eu em junho.

A equipe do Meia Palavra resenhou os seguintes livros: Oriente, ocidente (Salman Rushdie), Amor sem fim (Ian McEwan), Mosca espanhola (Will Ferguson), Três sombras (Cyril Pedrosa), Luka e o fogo da vida (Salman Rushdie), Ilusões pesadas (Sacha Sperling) e Elvis e sua pélvis (Michael Cox).

Quem gosta de design vai se interessar pela linha do tempo da tipografia que o Counterspace criou.

No Blog do IMS, Lilia Moritz Schwarcz analisou uma série de imagens que retratam o negro na sociedade brasileira.

O jornal Rascunho entrevistou Michel Laubresenhou seu novo livroDiário da queda.

Nas quartas de final da Copa de Literatura Brasileira, Do fundo do poço se vê a lua enfrentou Azul-corvo.

O escritor Will Allison fala sobre os benefícios e os problemas de ter sua esposa como editora.

Robert McCrum escreveu para o Guardian sobre autores que preferem escrever na cama.

O suplemento Divirta-se, do Estadão, acompanhou Lourenço Mutarelli por uma tarde, conhecendo seus lugares favoritos de São Paulo.

4 Comentários

  1. Josca Baroukh disse:

    Acabo de me associar ao blog e fiquei muito surpresa com a qualidade do material divulgado! Obrigada pelas contribuições! E que sejam cada vez mais lidas!

  2. roni valle disse:

    Parabéns pra todos do Blog.
    roni valle

  3. Obrigado pelo link e parabéns por tal política. São poucos os blogs corporativos que cedem links a blogs pessoais. Muito bem!

    Abraços do Alessandro!

Deixe seu comentário...





*