Links da semana

Obrigado a todos que comemoraram o aniversário do blog conosco na terça-feira. No sábado passado nós também tivemos o 1° Encontro Quadrinhos na Cia. Se você perdeu, leia a matéria no Universo HQ sobre os projetos que foram anunciados no dia. Há também o relato de Fábio Moon sobre o evento, e sobre o novo livro que eles estão preparando.

Uma pesquisa da Universidade de Oxford constatou que pessoas que leem por prazer aos 16 anos têm carreiras mais bem sucedidas quando adultas.

Prêmio Portugal Telecom anunciou seus 50 finalistas, e 10 livros da Companhia das Letras estão entre os concorrentes.

O Pipoca e Nanquim fez um videocast especial sobre Scott Pilgrim, e agora está sorteando kits com os livros e o filme da série.

No blog da Estante Virtual, a Luana falou sobre escritores que só alcançaram sucesso após a morte.

A equipe do Meia Palavra resenhou os seguintes livros: Ilustrado (Miguel Syjuco), Brooklyn (Colm Tóibín), 24 Contos de F. Scott Fitzgerald,Tudo o que tenho levo comigo (Herta Müller), e A divina comédia de Dante (Seymour Chwast).

O filho da mãe enfrentou Do fundo do poço se vê a luaavançou para a final da Copa de Literatura Brasileira.

Em sua coluna do Sabático, Sergio Augusto elogiou Liberdade, de Jonathan Franzen.

Um empresário russo pretende criar uma cidade que seria uma “terra prometida” para intelectuais.

O Fernando, do blog crimineliber, falou sobre Diário da queda, de Michel Laub.  Alfredo Monte comentou a obra de Lygia Fagundes Telles em seu blog.  O Daniel, do blog Assim falou De Nardi, leu Amor sem fim, de Ian McEwan.

No Todoprosa, Sergio Rodrigues fala de mudanças no mundo que foram causadas pela literatura.

No Universo HQ, Marcelo Miranda resenhou Na colônia penal, de Sylvain Ricard e Maël. O Kovacs, do Mundo de K, falou sobre Recordações do escrivão Isaías CaminhaTriste fim de Policarpo Quaresma, ambos de Lima Barreto.

O Blog do IMS entrevistou Otavio Frias Filho, diretor da Folha de S. Paulo, sobre o caso apresentado em O jornalista e o assassino.

A Jussara, do blog Palavras vagabundas, falou sobre Fama e anonimato, de Gay Talese. A Alana, do blog Sociedade de livros, leu O adolescente, de Fiódor Dostoiévski.

Se sua casa estivesse pegando fogo, que pertences você salvaria? O site The burning house já publicou as respostas de mais de 40 pessoas para esta questão.