Diário da Flip – Dia 4

Por Mohsin Hamid


No sábado, Paraty desperta totalmente. Eu vejo engarrafamentos, festas nas ruas, casais se beijando. Existe música ao vivo em todos os lugares, e telas gigantes da Flip exibem as palestras do festival. Meu jet lag bate e eu caio no sono às 17h. Mas minha esposa me acorda às 20h. E isso é algo bom, logo fica claro, porque, embora ainda não saibamos disso, vamos ficar na rua festejando até quatro da manhã.

Esta noite estamos acompanhados só de brasileiros. Dúzias de brasileiros. E nós: dois paquistaneses. Nós discutimos política, livros de ficção científica, robôs construídos em casa, as diferenças entre São Paulo e Rio, os efeitos da cachaça, a obra cinematográfica de Kevin Costner. Nós não queremos ir para a cama. Mas nós temos que. Então finalmente vamos para casa. Quer dizer: nós vamos para o hotel. Que, percebemos, começamos a chamar de casa.

* * * * *

Mohsin Hamid nasceu em 1971 em Lahore, no Paquistão. É autor dos romances Moth SmokeO fundamentalista relutante, que deu origem ao longa-metragem dirigido por Mira Nair. Seus livros já foram traduzidos para mais de 30 idiomas. Tem ensaios e contos publicados pelo New York Times, Guardian, New Yorker e Granta. No Brasil, acaba de lançar Como ficar podre de rico na Ásia emergente, e é um dos autores convidados da Flip 2014.

Site – Twitter – Facebook

4 Comentários

  1. admin disse:

    Olá, Vicente! Você pode entrar em contato pelo e-mail professores@companhiadasletras.com.br para conversar sobre a visita de autores nas escolas. :)

  2. vicente noronha pinto disse:

    gostaria saber se a escritora socorro acioli , poderia dar uma palestra em uma escola pública , sabemos do grande potencial dessa destacada cearense e nossos alunos são fascinados com seu livro a bailarina. esperamos contato

  3. Mara Cristina disse:

    Não pude ir à Flip, mas curti cada diário.Foi muito legal conhecê-lo através de seus escritos.<3 Certamente vou ler seus livros!

  4. Mara Cristina disse:

    Não tive a oportunidade de ir à Flip, mas curti cada diário…e certamente vou ler os seus livros!!!Foi muito legal conhecê-lo, através de seus escritos!<3

Deixe seu comentário...





*