Os melhores livros de 2014

4371644506_17526e9bbb

Todo fim de ano, fazemos as tradicionais listas de melhores livros lançados. Confira abaixo os títulos publicados pela Companhia das Letras em 2014, e os que deverão ser publicados pela editora nos próximos anos, que entraram nas listas de melhores leituras dos principais jornais, sites e revistas.

Folha de S. Paulo: Repórteres da Ilustrada selecionam os melhores do ano

  • Por escrito, de Elvira Vigna
    “A escritora carioca desconstrói convenções da vida contemporânea neste romance singular.”
  • A festa da insignificânciade Milan Kundera
    “Neste retorno ao romance, após mais de uma década, o tcheco naturalizado francês retrata o vazio de sentido da vida contemporânea.”

O Globo: Os melhores livros de 2014

  • A festa da insignificânciade Milan Kundera
    “Depois de mais de 10 anos sem publicar, o tcheco Milan Kundera voltou à ficção com um romance sobre quatro velhos amigos parisienses em busca de um sentido para suas vidas. Traduzido por Teresa Bulhões Carvalho da Fonseca, o novo livro do autor de A insustentável leveza do ser retrata a insignificância como ‘a essência da existência’. E não deixa de falar de política, com alusões frequentes a Stalin e à história recente da Europa.”
  • Graça infinita, de David Foster Wallace
    “No Brasil em tradução de Caetano W. Galindo quase 20 anos depois de lançado nos EUA, é uma das mais ambiciosas obras de ficção das últimas décadas, tanto pela extensão (mais de 1.100 páginas) quanto pela complexidade. É também uma reflexão comovente sobre o vício, o individualismo e a obsessão pelo entretenimento, com uma prosa extravagante e bem-humorada.”
  • Por escrito, de Elvira Vigna
    “Com uma dicção própria, pessoal sem ser confessional, e uma voz de mulher que recusa feminilidades, Elvira Vigna dá continuidade à sua trajetória singular num romance onde o afeto e o drama não têm vez. Usando uma linguagem antissentimental, a escritora carioca faz uma reflexão profunda sobre o não pertencimento a partir da secura extrema de sua personagem principal, que não dá nem quer receber nada dos que a cercam.”
  • Luís Carlos Prestes, de Daniel Aarão Reis
    “Resultado de cinco anos de pesquisas, a biografia escrita pelo historiador Daniel Aarão Reis escapa da polarização entre hagiografia e demonização de um dos principais personagens da esquerda brasileira no século XX e traz material inédito, como documentos sobre a Intentona de 1935 encontrados nos arquivos da Internacional Comunista em Moscou e gravações de reuniões decisivas para a reconstrução do PCB realizadas nos anos 1970.”

Diário da Manhã: Os 10 melhores livros de 2014

Zero Hora: Os 10 melhores livros de 2014 segundo a equipe do 2º Caderno

Veja: Os dez melhores livros do ano

Correio do Povo: Dez livros que você devia ter lido em 2014, por Luiz Gonzaga Lopes

Financial Times: Melhores livros de 2014: Negócios

  • Os inovadores, de Walter Isaacson
  • As mudanças e os choques, de Martin Wolf (previsto para março)

Huffingpost: Seis livros de 2014

Bloomberg: Schwarzman, Piketty, Kerry, Gorman escolhem os melhores de 2014

  • Os inovadores, de Walter Isaacson
  • As mudanças e os choques, de Martin Wolf (previsto para março)
  • A era da ambição, de Evan Osnos (previsto para março)

Washington Post: Top 50 livros de ficção de 2014

Washington Post: 50 livros notáveis de não-ficção

The Guardian: Escritores escolhem os melhores livros de 2014 – Parte IParte II

  • A zona de interesse, de Martin Amis (previsto para maio)
  • How to be Both, de Ali Smith (sem data prevista)
  • Nora Webster, de Colm Tóibín (previsto para junho)
  • Funny Girl, de Nick Hornby (previsto para março)

The Guardian: Livros do ano pelos leitores

  •  Americanah, de Chimamanda Ngozi Adichie
  • Can’t and won’t, de Lydia Davis (previsto para o segundo semestre)
  • A zona de interesse, de Mafrtin Amis (previsto para maio)
  • Outro belo dia no mar, de Geoff Dyer (previsto para 2016)
  • Coleção Comissário Maigret, de Georges Simenon
  • A balada de Adam Henry, de Ian McEwan
  • How to be Both, de Ali Smith (sem data prevista)
  • O pintassilgode Donna Tartt
  • A ilha da infância, de Karl Ove Knausgaard (previsto para maio)

The Guardian: Melhores livros de ficção de 2014

  • A balada de Adam Henry, de Ian McEwan
  • A zona de interesse, de Martin Amis (previsto para maio)
  • A ilha da infância, de Karl Ove Knausgaard (previsto para maio)
  • Nora Webster, de Colm Tóibín (previsto para junho)
  • How to be Both, de Ali Smith (sem data prevista)
  • Funny Girl, de Nick Hornby (previsto para março)

The New Yorker: Os melhores livros de 2014

  • A zona de interesse, de Martin Amis (previsto para maio)
  • A ilha da infância, de Karl Ove Knausgaard (previsto para maio)
  • Os inovadores, de Walter Isaacson
  • Can’t and won’t, de Lydia Davis (previsto para o segundo semestre)

The New Yorker: Livros favoritos de 2014, por James Wood

  • A ilha da infância, de Karl Ove Knausgaard (previsto para maio)

E para você, quais foram os melhores livros de 2014?