Links da semana

Links da semana

Aqui na Companhia nós estamos às voltas com os últimos preparativos para o lançamento do selo Penguin-Companhia das Letras. Acima você vê as provas finais dos quatro primeiros títulos.

Ontem foi o Dia do Rock e, para comemorar, o Meia Palavra e o Mundo Livro fizeram listas de recomendações só com livros sobre o tema.

Ainda falando sobre música, o autor da série Scott Pilgrim, Bryan Lee O’Malley, comenta em seu blog as músicas que entraram para a trilha sonora da adaptação cinematográfica do quadrinho. Para quem está ansioso pelo filme, um featurette foi lançado, com algumas sequências inéditas e comentários de atores e do diretor. O filme tem lançamento previsto para outubro no Brasil, e a editora lançará o segundo volume em setembro.

O curso Publishing Management – O Negócio do Livro da Fundação Getulio Vargas (FGV), que já está em sua terceira turma no Rio de Janeiro, será oferecido em São Paulo, em parceria com a Associação Academia Internacional de Cinema (AAIC). As matrículas estão abertas para turma que se inicia em 21 de agosto de 2010.

A revista Veja está organizando um concurso de resenhas. Basta enviar uma resenha de um dos seis livros escolhidos pela publicação. Serão quatro premiados, que receberão um e-reader Kindle. Sérgio Rodrigues, do Todoprosa, dá dicas de como escrever uma boa resenha.

Os e-readers, aliás, parecem estar prestes a invadir o mercado brasileiro. Pelo menos duas empresas brasileiras pretendem lançar seus leitores digitais nos próximos meses. E, enquanto se discute a utilidade do iPad no meio acadêmico, os escritores já encontraram nos aparelhos da Apple diversas ferramentas úteis para seu trabalho.

Mas nem todos estão satisfeitos com o crescimento da leitura digital: Ricardo Kotscho, autor de Do golpe ao Planalto, lamenta o fim da versão impressa do Jornal do Brasil, onde trabalhou por muitos anos.

A Casa do Saber está oferecendo 75% de desconto em seus cursos de quatro aulas, e Eduardo Brandão, tradutor dos livros de Roberto Bolaño, deu uma entrevista à Folha falando sobre seu trabalho.

Ao mesmo tempo que a polêmica sobre uma suposta continuação da Trilogia Millennium se desenrola, fãs de diversos países começam a visitar a Suécia em busca dos locais mencionados nos livros.

O blog iCult Generation resenhou a graphic novel Maus, de Art Spiegelman. A Julianna, do Caleidoscópicas, falou sobre A revolução dos bichos, e o Rafael, do Metempsicose, leu Verão, de J.M. Coetzee.

O grupo Improv Everywhere recriou uma cena de Star Wars dentro de um vagão do metrô de Nova York, um sobrevivente do holocausto dançou I will survive com a filha e os netos em marcos históricos do nazismo para comemorar sua sorte, e o Shakesperean Insulter oferece opções peculiares de xingamentos, inspirados ou retirados diretamente dos textos do bardo inglês.

A Mari, do Todos os livros do mundo, postou uma resenha de Achei que meu pai fosse Deus, o Pedro mantém um blog onde disseca vários aspectos da série As aventuras de Tintim, enquanto um jornalista americano pondera sobre a quantidade de artistas brasileiros trabalhando em gibis americanos.

E, por fim, a Companhia comprou os direitos de publicação de Medium raw: a bloody valentine to the world of food and the people who cook, continuação de Cozinha confidencial, e a revista Slate fez uma entrevista com o autor, o chef e apresentador Anthony Bourdain.

Links da semana

Na quinta-feira passada aconteceu o lançamento de Cachalote em Porto Alegre, na Palavraria. O blog da livraria postou fotos do evento, e o blog de Ronaldo Bressane tem uma entrevista com os dois autores sobre o processo de criação da HQ. O artista Rafael Coutinho fez um pôster inspirado em Cachalote, que pode ser adquirido no site do Estúdio Elástico. O próximo lançamento será em Curitiba, no dia 14.

Para aqueles que gostam de capas de livros, o blog Caustic Cover Critic reúne diversas capas que seguem o mesmo estilo, ou que usam abordagens diferentes para ilustrar temas semelhantes. Mas se você prefere pensar em onde guardar seus livros, veja o Bookshelf Porn, com várias fotos de estantes diferentes, de todos os tamanhos e estilos.

Foi divulgado um novo cartaz do filme de Scott Pilgrim. Se você for como o Scott, que prefere jogar a trabalhar, veja os cadernos da Trapped in Suburbia Design, com páginas que, quando amassadas, viram bolas basquete, futebol e outros esportes.

O blog Depois da última página tem uma resenha de O caminho para Wigan Pier, último título de George Orwell lançado pela Companhia. Este mês será lançado A vitória de Orwell, um ensaio sobre os mitos criados em torno do autor de 1984. A má notícia é que o autor do ensaio, Chistopher Hitchens, que também escreveu Cartas a um jovem contestador, cancelou a turnê de lançamento de seu último livro para se tratar de um câncer no esôfago.

No Twitter algumas pessoas estão brincando de inventar #stieglarssonclassics: livros clássicos com títulos adaptados para o formato usado pelo autor da trilogia Millennium. Alguns exemplos são Lolita (The girl who wasn’t old enough for a dragon tattoo) e Hamlet (The girl who loved the manic-depressive prince of Denmark).

Henning Mankell, compatriota de Stieg Larsson e também autor de romances policiais, teve seu título O guerreiro solitário lançado recentemente. O blog O queijo e os vermes fala sobre o autor e resenha seu primeiro título lançado no Brasil, Assassinos sem rosto.

Aliás, Assassinos sem rosto e vários outros títulos policiais da Companhia estão com desconto de até 40% até 31 de agosto.

Seguindo o exemplo da Amazon e da Barnes & Noble, a Sony também abaixou o preço de seus e-readers. E no Brasil, a Saraiva entrou recentemente no mercado de e-books. Mas, por mais que a tecnologia da leitura digital tenha avançado nos últimos anos, a leitura em papel ainda é mais rápida que no Kindle ou no iPad.

A Petrobras avisa que está com inscrições abertas para seleção pública de patrocínio a projetos culturais.

A revista eletrônica Opperaa fez uma boa resenha de Invisível, de Paul Auster, e o escritor Martin Amis conseguiu cancelar a publicação de uma biografia com a qual não concordava.

Para terminar, o expert em estudos midiáticos Henry Jenkins colocou em seu blog uma entrevista em três partes com Joe Saltzman, jornalista premiado e professor da University of Southern California, responsável por um estudo muito interessante sobre a imagem dos jornalistas na cultura popular. A base de dados, que pode ser consultada online, já tem mais de 75 mil exemplos de figuras de jornalistas em livros, filmes, músicas e outros, que vão muito além de Tintim e Todos os homens do presidente.

Links da semana

No dia 16 de junho nós organizamos um encontro com blogueiros, para falar um pouco da nossa proposta e ouvir o que vocês tinham a dizer sobre o nosso blog até agora. Anotamos todas as críticas e sugestões (que vocês sempre podem nos mandar por e-mail ou escrever nos comentários). Algumas mudanças já apareceram, como a participação de editores contando sobre os livros em que estão trabalhando, e outras ainda estão planejadas.


Encontro de blogueiros

Todas as quartas-feiras, por exemplo, passaremos a colocar links de posts legais de outros blogs, e algumas notícias que acharmos interessantes.

Para começar, veio à tona a notícia de que John Updike deixou um extenso arquivo sobre seus trabalhos. Este mês a Companhia lançou dois livros do autor: As bruxas de Eastwick (em versão pocket) e sua continuação, As viúvas de Eastwick, e você pode ler sobre os dois no blog Devoradora de livros.

No dia 16 foi comemorado o Bloomsday, em homenagem ao livro Ulysses, de James Joyce. Para comemorar a data, o Daily Beast montou uma lista de livros que são considerados os equivalentes ao Ulysses em suas culturas, e o escolhido do Brasil foi Grande sertão: veredas, de Guimarães Rosa.

Para aqueles que ainda estão se acostumando com as novas tecnologias, duas novidades: o fabricante dos cadernos Moleskine criou uma capa especial para o Kindle, que, além de proteger o e-reader, tem um bloco para aqueles que preferem fazer suas anotações em papel. Já os saudosistas das máquinas de escrever podem adaptar suas máquinas para funcionarem como teclados eletrônicos, que podem ser usados via USB em computadores, laptops e até mesmo no iPad. Mas se você já se adaptou ao mundo da leitura digital, saiba que tanto a Amazon quanto a Barnes & Noble abaixaram o preço de seus e-readers.

Em resposta à lista da New Yorker dos 20 escritores americanos abaixo dos 40 anos que a revista acredita que merecerem atenção, o Telegraph divulgou uma lista semelhante com autores britânicos.

Alguns dias antes da Festa Literária Internacional de Paraty (Flip) anunciar os detalhes da venda de ingressos para o festival, os organizadores da Feira de Frankfurt divulgaram que o Brasil será o país homenageado da feira de 2013. A expectativa é que o foco na literatura brasileira estimule traduções dos autores do país no exterior.

O blog Leia Livros! traz uma resenha legal do infantil O livro da dança, da professora e crítica de dança Inês Bogéa, e o site Publishing Perspectives tem um texto bonito e interessante sobre o trabalho de um tradutor cego, que não abandonou seu trabalho apesar de suas dificuldades.

Para terminar, os leitores de Scott Pilgrim podem criar avatares à sua imagem no Scott Pilgrim Avatar Creator, com direito a status iguais ao usados no quadrinho e trilha sonora de videogame.