renata bueno

Semana dezessete

Os lançamentos da semana foram:

Felicidade demais, de Alice Munro (Tradução de Alexandre Barbosa de Souza)
Nessa coletânea de contos da ganhadora do Man Booker Prize, personagens femininas protagonizam histórias arrebatadoras sobre sedução, os mistérios do passado, a finitude e promessas de felicidade intensa. São mulheres de idades e ocupações diversas, mas todas elas, a certa altura da vida, deparam com acontecimentos que mudam o rumo de suas vidas.

Eu vos abraço, milhões, de Moacyr Scliar
A primeira paixão de Valdo foi a leitura. A leitura o aproximou de Geninho. E Geninho o apresentou ao comunismo. A ideia de que a desigualdade fosse uma injustiça e de que houvesse pessoas lutando pelo fim da opressão social mudou a vida do garoto. Decidido a entrar para o Partido Comunista, Valdo abre as porteiras da estância e parte para a cidade grande em busca de um sentido para a vida.

A valsa dos adeuses, de Milan Kundera (Tradução de Teresa Bulhões Carvalho da Fonseca)
Em um pequeno balneário decadente, oito personagens se encontram e desencontram como se rodopiassem ao som de uma valsa. Esterilidade, amor não correspondido, adultério, depressão, aborto: Kundera reúne neste romance todos os elementos que podem perturbar o amor.

Nome, sobrenome, apelido, de Renata Bueno e Mariana Zanetti
Logo que as crianças aprendem o seu próprio nome, gostam de mostrar que o decoraram inteirinho. Não que alguém entenda a resposta ao “Qual o seu nome”, mas daí percebemos como essa é uma questão importante e presente na vida delas, que vivem dando nomes, sobrenomes e apelidos às suas bonecas, bichos, brinquedos, amigos, desenhos… Neste livro, quinze histórias curtas, escritas em prosa, falam sobre cachorros, gatos, homens e mulheres e suas várias alcunhas.

12